Me VISITEM no DIRECTORY e Participem Tambem!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Esse é de Arrepiar!

Projeto: SUAS PALAVRAS

8ª Edição: SENTIDOS - FRIO

" É de arrepiar a pele!"


Léia estava sozinha dentro de casa. Encontrava-se na sala, sentada no sofá assistindo um filme de Terror. Tudo parecia calmo, mas de repente, a janela abriu-se num rápido movimento e com um estrondo assustador. Levantou-se bruscamente e com passos firmes, foi ate a janela, para assim, poder fecha-la.
Estava agora em pé, gelada, petrificada com o vento forte cortando o ar. Vento esse, que a envolveu num abraço tenebroso. Sentiu arrepios dos pés a cabeça. Não conseguia se mexer. Não conseguia gritar, se quer, pedir ajuda. Sentiu seus ossos duros, totalmente dolorido. Sua respiração estava forte demais, mas nem assim, conseguia acelerar seus pensamentos, seus reflexos. Ficou ali por muito tempo. Sentia o movimento forte do vento te tocando, te envolvendo, te penetrando. Parecia o abraço da Morte. Não possuía cheiro,nem cor. Mas a fazia exalar um odor gélido e fétido. Será que teria morrido dormindo sentada no sofá? Será que o que via e sentia, era tua alma vazia e tua carne fria? Não! Ela nunca aceitaria essa morte tola. Não morreria sozinha. Lutaria com todas as tuas forças.
Seguiu-se mais um tempo, sem que ela saísse do lugar. Ali de pé em frente a janela, nada a fazia se mover. Pensara que estava prestes a morrer. Sentiu um forte calafrio, parecia vir de dentro do teu ser. Começou pelos pés, subindo pernas acima. Passou rápido pelas costelas e parou no pescoço. Meu DEUS! O que seria isso? Uma forte sensação de medo afligiu teu coração. Continuando ali parada, petrificada, sufocada vendo e sentindo tua vida se esvaindo, saindo de teu corpo. Pensava: " Aqui jaz uma mulher solitária...viveu e morreu só...gelada, petrificada!" Tinha que fazer algo.
Ouviu um barulho atrás de si. Conseguiu mover a cabeça e olhar para trás. Seu marido acabara de entrar na sala. Mas porque ele a estava sacudindo tanto? Deu uma leve olhada no sofá e viu-se deitada, estendida. Com muita preguiça dormira tanto que tivera um pesadelo.
O que ela pensara ser o abraço da morte, era apenas, o vento gelado, começo da nova estação. Havia chegado de maneira inesperada e veio com tanta fúria que a pegou desprevenida, semi-nua dormindo no sofá. Congelada, teve esse terrível pesadelo, mas agora, graças ao marido, estava salva, acordada.
Ufa! Que bons ventos tragam a nova estação, mas não nos pegue assim tão desprevenidos, com arrepios sombrios, como Léia sentiu!

Simone Martins - 08/06/2011

Foto:GOOGLE- http://1.bp.blogspot.com/-QuEffD1BBlo/TfAGzGrtz8I/AAAAAAAAAa0/KjsCuOPh500/s320/arrepio2.jpg

7 comentários:

  1. Muito bom o texto, manteve o clima de suspense até o final.Parabéns.Beijos.

    ResponderExcluir
  2. ..ahaha..adoreii...preciso estar preparada!

    bjokas

    Nina

    ResponderExcluir
  3. Querida Amiga.
    Venho agradecer sua visita tão carinhosa no meu cantinho.
    Anjo me diga você tem livros lançados no mercado?
    Espero que tenha pois você merece pelo tanto que escreve de bom.
    Estarei esperando sua resposta bem rapidinho.
    Hoje quase ñ consigo fazer visitas meu pc deu problema na hora da postagem ontem ñ deu nem para homenagear blog do Brasil.
    Fui ligar de manhã ñ ligou mais meu not esta com minha filha operada ñ pode descer escada.
    Lá se foi a memoria do meu pc como o técnico já sabe liberou a tarde meu pc não vivo sem ele amigo.
    Amiga que deu em mim hoje falar tanto?/rsrs.
    Um carinhoso beijo,Amigas Para Sempre,,Evanir.

    ResponderExcluir
  4. Encantada com o espaço, vim conhecer e volto com certeza. Te espero la no meu canto de poesia.
    Bjins entre sonhos e delirios

    ResponderExcluir
  5. Simone,um texto de arrepiar!Pensamos ser uma coisa e, no final era somente o frio!Ficou excelente sua participação!Bjs,

    ResponderExcluir
  6. Si, primeiro quero me desculpar pela demora em vir aqui. Eu tô me enrolando com o blog, nao tô conseguindo dar conta de retornar rapidinho, mas o blog também é uma meta na minha vida, nao vou me abater, por isso, posso demorar em vir, mas eu venho, viu!

    Você descreveu a morte tao bem, que se nao fossemos vivas, eu diria que também já estaria morta!!!!! hehe

    A sua concepção de almas gêmeas me "desletrou"! Me levou a reflexão e de um jeito único, porque foi a única que comentou detalhes do que pensa. Espero o amor tenha superado todas os obstáculos, porque além de amar, você se doou em nome do amor. Lindo aquilo Si! Te gosto mais por causa disso.

    ResponderExcluir
  7. Bela descrição... Acompanhei os arrepios...

    ResponderExcluir

Nesse blog., te deixo a vontade para escrever o que quiser, afinal, este é meu lado negro...kkkkk...só tome cuidado, pois outras pessoas irão ler tambem. Obrigado